amazonamazonstudioshqsserieseriesspoilers

The Boys | Quadrinho vs. Série

The Boys não poderia ter vindo em hora melhor. Num momento em que os super-heróis estão em alta, a Amazon nos traz uma visão bem diferente dos heróis e um questionamento bem peculiar. Se os super-heróis de fato existissem em nosso mundo, como seria?

 

The Boys não poderia ter vindo em hora melhor. Num momento em que os super-heróis estão em alta, a Amazon nos traz uma visão bem diferente dos heróis e um questionamento bem peculiar. Se os super-heróis de fato existissem em nosso mundo, como seria? Eles realmente seriam tão super como nos quadrinhos e os filmes da Marvel ou DC mostram? Tendo em vista como as pessoas vêem esses super-heróis a resposta certamente seria não, mas, olhando de um ponto mais pé no chão a resposta seria certamente outra.

Os super-heróis são, assim como nós, seres humanos, claro que temos aqueles que não são humanos mas vivem entre nós e é esse o problema. O nosso sistema é corrupto, nós somos potenciais corruptos e isso é algo mostrado em The Boys.

CONTÉM SPOILERS

The Boys é uma sátira de super-heróis para adultos, com cenas fortes, sexuais, sem o mínimo de pudor se necessário. Garth Ennis e Darick Robertson fizeram um trabalho tão bem-feito nesse quesito que as hqs foram canceladas pela DC, mas, como os direitos não eram da DC, não foi problema para Garth e Darick darem continuação e finalizar seu trabalho em outra produtora, nesse caso a Dynamite. O resultado foi simplesmente espetacular e como se não bastasse, a Amazon produz uma série até o momento com oito espetaculares episódios. As diferenças de um e outro são maneiras em ambos os lados, o que é bem raro de se acontecer. Então vamos ver quais são essas diferenças?

Logo de cara nós encontramos uma diferença no início do primeiro episódio onde o Hughie está no trabalho e sua namorada Robin o chama até a casa dela cheia de intenções, enquanto caminham eles conversam e, ela fala de eles irem morar juntos. Depois eles param, ela vai um pouco para a rua e acaba morta pelo Trem-Bala. No quadrinho essa cena é diferente, Eles estão num parque de diversões e a frase que a Robin fala com Hughie é eu te amo, após um beijo, eles seguram a mão um do outro e começam a rodar felizes quando um vilão bate na Robin em alta velocidade após ser arremessado por Trem-Bala causando a morte dela, porém os braços ficam com o Hughie igual na série.

Outra diferença também está em como a série começa, na série temos dois garotos conversando em qual é o melhor super-herói enquanto nos quadrinhos temos o líder dos rapazes sentado em um banco de praça com seu cachorro olhando para o céu enquanto os Sete passam voando e é onde ele sabe que chegou a hora de colocar seus planos em ação. Falando em cachorro, na série não temos o cachorro Terror, ele é o buldogue de Billy Butcher, porém, na série temos várias menções ao animal.

Os quadrinhos de The Boys são muito bons mas para alguns pode ser enrolado no início, coisa que a série não é, e aqui temos mais uma alteração: A Vought está presente desde o início enquanto nas hqs corja de milionários demora um pouco a aparecer.

Butcher é um canastrão daqueles, adora colocar lenha na fogueira, nos quadrinhos ele é um pouco mais pervertido do que na série ao ponto de treinar seu cachorro para fazer sexo com qualquer coisa que ele aponte. Quando ele resolve montar o grupo novamente, (sim esse grupo já existia, foi desfeito e agora está na ativa novamente) ele vai até a sala de uma mulher e tem uma conversa com ela em meio a atos sexuais e ofensas.

Quantos aos recrutamentos temos algumas diferenças também. Nas hqs ele encontra Hughie num banco de praça após ler seu relatório enquanto que na série o mesmo Butcher vai atrás dele no trabalho. A relação dele com o Francês sofre alteração também, já que na série o encontro dos dois é mais pesado que na hq onde eles já se tratam como amigos. Nas hqs temos a Mulher, ela é uma louca que mata a sangue frio e gosta muito do Butcher e dos demais enquanto que na série ela demora para confiar e passar a gostar deles. Por fim, temos a alteração de sexo de Mallory que nas hqs é homem enquanto na série é uma mulher sem contar o problema que é resultado da morte de seus netos. Na série isso é bem mais impactante do que nas páginas.

Mas as alterações não estão apenas nos “mocinhos”, nos heróis também temos alterações embora quase todos tenham ficado praticamente iguais aos quadrinhos.

Vamos começar por O Profundo, nos quadrinhos ele é mais misterioso e reservado enquanto que na série ele é mais descontraído e vaidoso. Capitão Pátria talvez tenha sido o que mais teve uma alteração chocante. Nos quadrinhos, Black Noir estupra a esposa do Butcher – motivo pelo qual ele quer pegar os supers para a porrada – e isso causa a gravidez dela e a criança a mata ao nascer já que é uma criança super poderosa, porém, Butcher acha que quem fez isso foi o Capitão Pátria. Na série temos a alteração onde quem estupra a esposa de Butcher é de fato Capitão Pátria e a esposa do cara continua viva tendo se escondido para poder viver em paz com seu filho sendo dada como morta.

Lembra do que eu falei que nos quadrinhos as coisas são um pouco mais lentas (não com essas palavras) e a série já vir mostrando a que veio? Pois é, uma das provas disso é a Luz-Estrela que na série já aparece como uma personagem madura e bem desenvolvida enquanto que nas hqs ela vai mostrando isso aos poucos, na série temos também o romance entre ela e Hughie mais rápido que nos quadrinhos.

Lembram do composto falado na série? O composto V? Pois é, nos quadrinhos ele é usado pelos rapazes para terem condições de lutarem contra os Sete enquanto que na série isso não acontece.

Mas nem tudo na série e hqs são diferentes, e, entre suas principais igualdades estão pontos muito importantes e talvez chaves para o desenvolvimento das duas mídias. O questionamento sobre assédio sexual por parte dos poderosos, quem são os verdadeiros heróis e vilões? Será que todos aqueles que salvam vidas são mesmo heróis? A manipulação da mídia que controla as massas e que nem se preocupam em entregar suas vidas nas mãos de desconhecidos.

E você? Já assistiu The Boys? Gostou? Conta para gente o que achou, e, o que achou dessas diferenças, já sabia de todas elas? Tem mais alguma? Conta para gente.

Tags
Mostrar mais

Ludinei Neves

Estudante de Análise e Desenvolvimento de Sistemas e futuro estudando de Letras baseada em traduções, criação de roteiros e etc. Nerd desde o nascimento sonha com a disseminação da leitura pelo mundo. Um amante da cultura em si, um buscador da resposta vital para a vida, o universo e tudo mais. Amante de quadrinhos e da cultura dos vídeo games, apaixonado por Magic the Gathering e também adora livros, RPG, Holy Avenger e Pipoca e Nanquim.

Deixem seus comentários!

Fechar