bookhboliteraturalivroserieseriesspoilers

Game of Thrones | Impacto na cultura pop

Game of Thrones é hoje a principal referencia dentro da cultura pop que arrasta legiões de fãs da obra.

Game of Thrones é hoje a principal referência dentro da cultura pop, baseado nos livros A Song of Ice and Fire de George R. R. Martin, esse universo arrastou uma legião de fãs que discutem e levantam bandeiras pelas casas que defendem – um fenômeno raro, tomada as suas proporções para o mundo geek.

A trama é desenvolvida em volta do fato de que Eddard Stark (Sean Bean) escolhido para ser a Mão do Rei Robert Baratheon (Mark Addy), acaba se envolvendo com a família Lannister e descobre que os filhos do rei Baratheon são frutos de incesto entre a rainha Cersei (Lena Headey) e seu irmão Jaime Lannister (Nikolaj Coster), apesar de tudo Eddard dá uma chance da rainha de ir embora sem que ninguém soubesse mas a oferta é rejeitada e a rainha trama a morte de Eddard Stark o acusando de traição a coroa.

Logo na primeira temporada a série mostra que não é nem um pouco ortodoxa, matando o seu até então protagonista. Game of Thrones segue sempre mostrando as consequências de atos de forma violenta, pode até se dizer que o diretor tenha uma influência distante e não assumida de Quentin Tarantino, sendo fiel aos livros e suas violentas mortes.

A história segue vários caminhos, e, também mostra a trajetória da Daenerys (Emilia Clarke) da Casa Targaryen, de órfã a rainha, A Primeira de seu Nome, A Nascida da Tormenta, A Não Queimada, Mãe de Dragões, Khaleesi do Grande Mar de Grama, A Quebradora de Correntes, Rainha dos Merren, Rainha por Direito dos Ândalos dos Roinares e dos Primeiros Homens, Senhora dos Sete Reinos e Protetora do Reino (7º Temporada, episodio 3 – A Justiça da Rainha). Daenerys, filha do Rei Louco quando pequena foi dada em casamento ao bárbaro Khal Drogo (Jason Momoa) que a estuprava segundo o costumes dos Dothraki. Isso acaba trazendo o desenvolvimento pessoal da personagem, que com o passar do tempo abraça os costumes e passa a amar Khal. Depois de muitos acontecimentos, Khal e o filho que ela esperava morrem o que acaba tornando possível o nascimento dos Dragões.

Um dos personagens mais icônicos da série é o anão Tyrion Lannister (Peter Dinklage), que apesar de ser irmão de Jaime Lannister e Cersei Lannister é desprezado pelo seu pai Lorde Tywin (Charles Dance) pela sua condição natural. Apesar de não ser um bom guerreiro, Tyrion é muito inteligente e sábio nos seus atos, no começo vivia em prostíbulos se embebedando e depois foi promovido à mão da rainha Daenerys, responsável por muitas terras e essencial como estrategista nas batalhas.

Outro personagem importante pra série e que não tem o seu devido valor é Samwell Tarly (John Bradley-west), conhecido como o gordinho covarde, demonstra coragem ao atravessar com uma mulher e um bebê as terras ao norte da Muralha – dominada por lobos gigantes e vagantes brancos – outro ponto importante para a trama é a descoberta de como usar o Vidro de Dragão contra o exército de mortos vivos, além de tudo isso, Sam demonstra estar muito além do seu tempo, sugerindo democracia dentro dos Sete Reinos (8º temporada, episodio 6 – The Iron Throne).

Arya Stark (Maisie Williams), presente na série desde o primeiro episodio, é ou está entre os melhores personagens da série, a garota passou por diversos sofrimentos, foi perseguida, esfaqueada, perdeu a visão, foi traída e um monte de outras coisas que faz que tenhamos compaixão por ela e que seja comemorada cada vingança. Uma das principais marcas que essa personagem deixa na cultura pop é a frase Not Today (Hoje Não), dita para ela pelo seu professor de esgrima que afirmou a existência de um só deus – A Morte – e que quando ela vem nós encontrar só temos uma coisa a dizer para ele: Hoje Não! Arya mostra a sua importância ao matar o Rei da Noite e salvar o seu irmão Bran Stark (Isaac Hempstead-Wright) o corvo de três olhos que para o desagrado de muito viria a ser rei de Westeros uma decepção para grande parte dos fãs.

A produção de Game of Thrones é imensa, alguns de seus episódios chegaram a custar dez milhões de dólares, ela se tornou referência audiovisual para outras produções contando com o segundo maior número de estatuetas no Emmy.

A Batalha por Winterfell, dirigida por Miguel Sapochnik, é considerado uma das maiores batalhas do cinema e TV, e, levou onze semanas para ser filmada, além de contar com setecentos e cinquenta pessoas envolvidas na produção de apenas um episódio, deixando os espectadores na ponta do sofá sem saber o que estava acontecendo direito, o episódio gravado a noite em temperaturas abaixo de zero, acbou sendo muito criticado por causa da falta de iluminação sendo as únicas fontes de luz os dragões e as tochas.

Game of Thrones é o nome do primeiro livro da saga as Crônicas de Gelo e Fogo que foi lançado em agosto de 1996, recebeu duas indicações e ganhou três prêmios literários entre 1997 e 1998, a série baseada nos livros foi lançada em abril de 2011.

O fim da série leva a saga de livro ao topo da lista dos mais vendidos, tendo duas sagas do mesmo autor no top 10, em segundo lugar o livro Sangue & Fogo e em oitavo lugar As Crônicas de Gelo e Fogo.

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixem seus comentários!

Fechar