curiosidadedarkuniversedcdccomicshqsserieseries

Monstro do Pântano | Tudo que você precisa ANTES de assistir a nova série da DC Universe

Com a estreia da nova série na DC Universe, Swamp Thing (Monstro do Pântano) despertou curiosidades de muitos em saber mais desse personagem no universo do quadrinhos.

Mais uma novidade chega na DC Universe, o universo de séries da DC apresenta um novo herói, até pouco conhecido pelo público – Monstro do Pântano. A série estreou no serviço streaming da DC juntando-se ao time dos Titãs e Patrulha do Destino. Monstro do Pântano traz uma série num clima mais Dark, cheio de suspense e terror, despertando a curiosidade de muitos, mas poucos realmente conhece o herói que surgiu no terrível pântano. Abaixo você saberá a origem, as curiosidades e a história resumido do Monstro do Pântano, além do trailer da nova série que já estreou seu primeiro episódio na DC Universe. Lembrando que toda quinta terá um novo episódio da série.

Agora chegou o momento de você pode conhece a história desse personagem monstruoso, mas fantástico do universo da DC.

Primeira aparição nos Quadrinhos

O Monstro do Pântano é uma criatura humanoide/planta, criada pelo escritor Len Wein e o artista Berni Wrightson.
O Monstro teve várias encarnações monstruosas em diferentes histórias.
Ele apareceu, pela primeira vez, em uma pequena edição na “House of Secrets” #92 em julho de 1971, em uma saga do gênero terror da DC que se passava no início do século XX.
Após a sua pequena e primeira aparição, os fãs pediram mais sobre a história do Monstro, e então o personagem volta em 1972, agora em uma revista solo, no mundo contemporâneo e na continuidade geral da DC.

A Origem do Monstro

Alec Holland era um jovem cientista que trabalhava, juntamente de sua esposa, Linda, em um laboratório secreto nos pântanos da Louisiana, nos Estados Unidos. Ele estava desenvolvendo a Fórmula Bio-Restaurativa, que ajudaria no crescimento de plantas e tinha potencial para acabar com a fome no mundo.

A pesquisa de Alec começou a dar bons resultados e atraiu o interesse de Nathan Ellery, o líder de um grupo criminoso. Contudo, quando Ellery não conseguiu adquirir os direitos da pesquisa para si, mandou explodir o laboratório. Alec foi nocauteado e quando acordou, descobriu que havia uma bomba. No mesmo instante, ela explodiu e, em chamas, ele correu para o pântano. Seu corpo estava coberto da fórmula e isso afetou a vida vegetal do pântano, atribuindo a ele a consciência e memórias de Alec.

Um ser consciente feito de plantas se formou e lembrava uma forma humana, levantando-se como “O Monstro do Pântano”, o mais recente em uma longa linha de seres especiais criados quando “O Verde” (a natureza, a Terra) estava precisando de proteção.

A Transformação

Uma coisa aconteceu sob as águas do pântano. Não foi o mesmo Alec Holland que sai do pântano. Seu corpo sofreu uma completa transformação, passou a ser composto de matéria vegetal, praticamente uma planta ambulante. Provavelmente essa transformação tinha sido um efeito colateral da Fórmula Bio-Restaurativa. Assim surgiu o Monstro do Pântano. Sentindo-se uma abominação da natureza, o monstro passou a procurar um meio de reverter o seu estado.

Sua busca fez aparecer em seu caminho Anton Arcane, um velho cientista nazista especializado em criar exércitos de criaturas deformadas, e que era obcecado por conquistar a imortalidade. Arcane, com o plano de transplantar sua própria consciência para o corpo do Monstro do Pântano, tentou capturar a criatura com a promessa de que conseguiria reverter sua condição. Monstro do Pântano descobriu os planos malignos do cientista e assim derrotou seu primeiro supervilão.

A descoberta

Tempo depois, o Monstro do Pântano descobriu a verdade sobre si mesmo: Ele não era Alec Holland, nunca foi. Quando Alec se jogou no pântano para apagar as chamas que o consumiam, já era tarde demais. Seu corpo foi absorvido pelas plantas do Pântano, que fizeram uma cópia da consciência do cientista, e então assumiram uma forma humanoide. Portanto, o Monstro do Pântano era apenas uma planta que pensava e lembrava ser Alec Holland. 

Descobrir essa verdade foi algo impactante para o Monstro do Pântano, e uma de suas maiores crises existenciais até então. Para lidar com isso, ele voltou ao Pântano, onde submergiu nas águas e adormeceu. Seus sonhos o levaram a descobrir ainda mais sobre sua natureza, pois, como sabemos, não é normal que plantas absorvam seres vivos e se tornem cópias vegetais deles. O Monstro do Pântano descobriu sua ligação ao Verde.

Os Elementais

O Verde é uma força elemental que liga todas as formas de vida vegetais no planeta Terra e que existe desde os primórdios do planeta, quando a primeira planta ganhou vida. Juntamente com o Verde também surgiram os Elementais, seres conscientes feitos de planta cujo propósito é a defesa e proteção da vida vegetal. Eles aparecem na Terra quando O Verde sente que as vidas das plantas estão sob algum tipo de ameaça.

O Monstro do Pântano é um desses elementais, o representante do Verde nos tempos atuais. Antes dele existiram muitos outros, sempre surgindo em momentos de necessidade para a vida vegetal do planeta. 

Inimigos

Como foi dito anteriormente, o primeiro inimigo enfrentado pelo Monstro do Pântano foi Anton Arcane e suas abominações científicas. No entanto, seus inimigos são variados, qualquer um que seja uma ameaça para seu pântano ou para o ambiente, o que geralmente quer dizer seres humanos e seres sobrenaturais.
Entre seus inimigos sobrenaturais mais poderosos estão elementais de outros reinos da vida, como é o caso do Elemental do Vermelho, a força que liga todos os animais. Por mais que os dois sejam inimigos, ambos necessitam um do outro para se manterem vivos. O que não é o caso da Podridão, representada pela cor preta, que é a força da morte e da decomposição, e cujo único objetivo é a extinção da vida.

Poderes

O Monstro do Pântano é um elemental, o avatar do Verde, e todos os seus poderes são derivados diretamente dessa força vital. A seguir se encontra a lista com seus principais poderes.
Fisiologia vegetal
O corpo do Monstro do Pântano é completamente constituído de matéria orgânica vegetal e por isso, possui as mesmas características fisiológicas de uma planta. Isso quer dizer que ele é capaz de se sustentar através de fotossíntese, sem ter que consumir qualquer tipo de comida.
Superforça
Sua força é diretamente influenciada por sua conexão com a Terra, o que faz com que seja capaz de erguer pesos centenas de vezes mais pesados do que si mesmo. Em adição a isso, sua força também pode ser aumentada pelo Verde, fazendo com que seu nível de força seja incalculável, desde que o Verde esteja em boas condições e saudável.
Controle elemental sobre as plantas
Seu principal poder como um elemental é o controle que possui sobre todas as formas de vida vegetais. Através de clorocinese, o Monstro do Pântano é capaz de controlar as plantas ao seu redor, fazer com que cresçam rapidamente, mudem de forma e até mesmo criar clones de si mesmo que respondem aos comandos. Também consegue alterar a quantidade e a forma das plantas que compõem o seu corpo, podendo crescer ou diminuir de tamanho, assim como criar uma armadura, ou mesmo asas.
Projeção astral
Monstro do Pântano consegue fazer uma ligação direta entre sua mente e o Verde. Dessa forma, sua consciência consegue abandonar seu corpo e ir para qualquer parte do planeta e ocupar um novo corpo gerado com as plantas desse lugar.
Imortalidade
Como uma extrapolação desse último poder descrito, o Monstro Pântano consegue atingir a imortalidade. Desde que exista qualquer vestígio de vida vegetal no universo, ele consegue enviar sua consciência até essa planta e viver através dela.

Relacionamentos
O maior relacionamento do Monstro do Pântano foi com Abby Holland, ou Abby Arcane, a sobrinha de Anton Arcane. Ela era esposa de Matt Cable, um agente da Interpol que investigava os assassinatos de Alec e Linda Holland, porém eles tinham vários desentendimentos no relacionamento, fazendo com que Abby e o Monstro ficassem cada vez mais próximos. Mas antes de Abby, Alec Holland, o Monstro do Pântano, foi casado com Linda que morreu assassinada junto com Alec.
Matthew morre após um ataque de Anton Arcane e Abby passa a ter um relacionamento amoroso oficialmente com o morador do pântano, tendo até uma filha Tefé Holland.

 

Seu maior criador - Alan Moore
O Monstro do Pântano deve diversos criadores ao longo da sua trajetória nos quadrinhos, mas a mais famosa e que fez o personagem alavancar foi nas mãos do escritor inglês Alan Moore, que destruiu e reconstruiu a saga do Monstro do Pântano, que iniciou na edição 20º na DC.

 

Adaptação Cinematográfica

O Monstro do Pântano deve já adaptações no cinema e na Televisão. O primeiro foi o filme Monstro do Pântano (1982), dirigido pelo Wes Craven (criador da Hora do Pesadelo, com o terrível Freddy Krueger), com Louis Jourdan, Adrienne Barbeau e Ray Wise no elenco. Com sequência de A Volta do Monstro do Pântano, de Jim Wynorski. E uma série lançada na USA Network, Swamp Thing (1990 à 1993) que deve 3 temporadas. Agora em 2019, o Monstro do Pântano ganha uma nova série mas dentro do seu universo de origem, a DC Universe.

Universo Paralelo

O Monstro do Pântano também já deve encontros alguns não tão amigáveis com outros heróis da DC como Vingador Fantasma, o Demônio Espectro, e até mesmo Batman e Superman.

.

Monstro do Pântano e Constantine

O personagem John Constantine surgiu na primeira vez na DC nas histórias do Monstro do Pântano, na edição Monstro do Pântano Vol. 2 #37 (Junho de 1985), ganhando assim sua primeira edição solo a aclamada HellBlazer. Após sua primeira aparição, a relação de “amizade”, ou podemos dizer um relacionamento tolerante com John Constantine, que vez ou outra aparece em suas histórias e ambos lutam juntos.

O Homem-Coisa

A Marvel também tem um monstro do pântano - Homem-Coisa, apareceu pela primeira vez em 1971, na edição Savage Tales #1. O Homem-Coisa também foi um cientista como o Alec Holland (da DC), Theodore Sallis era um respeitável cientista do governo, trabalhando em um projeto ultra secreto: duplicar o soro do supersoldado que deu origem ao Capitão América. Sallis estava realizando suas pesquisas em um laboratório oculto nos pântanos da Florida, quando se viu vitima de um plano de espionagem da Ideias Mecânicas Avançadas (IMA) para roubar a formula secreta. Felizmente, o cientista já havia tomado a precaução de destruir suas anotações. Para certificar-se de que o supersoro não cairia em mãos erradas, Ted injetou no próprio corpo a única amostra da substancia que existia. Pouco depois, o cientista sofreu um acidente de automóvel e caiu no pântano . O soro em seu corpo, ao invés de transforma-lo em um supersoldado, reagiu violentamente com os elementos na água lamacenta. Algumas horas depois, quando saiu do pântano, Sallis não era mais humano, e sim, um monstro disforme composto de lama e matéria vegetal que não possuía mais inteligência humana e que passou a ser atraído pelas emanações emocionais das criaturas vivas.

Aparições em Games e Animações

O personagem também já deve sua participação em games e desenhos animados como no episódio da Liga da Justiça Sombria, e nos games Lego Batman 3, DC Universe online e Injustice 2.

 

Tags
Mostrar mais

Karina Lima

Formada em Design Gráfico, viciada em filmes e séries, ama perdidamente a Marvel e eternamente Harry Potter. Mas também não vive sem livros e música. Ama chá, Londres e fã do Tom Holland e Robert Downey Jr. Não consegue viver sem a Arte no seu cotidiano, essa é ela.

Deixem seus comentários!

Fechar