bookdarksidebookseditoradarksidehqslivrolivrosresenha

Resenha | Uma Dobra no Tempo – DarkSide® Graphic Novel de Madeleine L’Engle e Hope Larson

Há algum tempo a editora Darkside Books começou a investir em um novo segmento literário – Graphic Novel, ou, traduzindo para o português, o romance gráfico, são histórias de narrativas mais longas interpretadas em quadrinhos maiores e mais detalhados, dos que os HQs (uma breve explicação sobre a diferença entre graphic novel e HQs). Este é meu primeiro contato com livros em versões graphic novel, e simplesmente já me apaixonei.


Uma Dobra no Tempo, é uma obra de ficção científica e fantasia que há mais de 50 anos escrito por Madeleine L’Engle encantou gerações, e agora ganhou um novo e incrível visual com traços da ilustradora e quadrinista Hope Larson, que também ilustrou algumas das edições dos HQs de Batgirl da DC Comics.

Está edição não é apenas voltada para a literatura infanto juvenil, mas também pode cativar diversos leitores de variáveis idades que gostem de uma deliciosa aventura de ficção-científica e fantasia, na companhia de personagens encantadores.

Uma Dobra no Tempo

Desaparecido há 2 anos Sr. Murry, grande físico e pai dos inteligentes Meg e Charles Wallace, sumiu misteriosamente enquanto explorava a quinta dimensão. Durante uma noite tempestuosa, eles são surpreendidos por uma visita misteriosa pela Sra. Quequeé, uma viajante, um ser celestial que se perdeu enquanto viajava pelo tempo e espaço.
A partir desse momento, além da Sra. Quequéé, a Sra. Queme Sra. Qual, que também são seres celestiais vem aos irmãos para ajuda-los a encontrar e resgatar o pai. Além delas, os irmãos receberão a ajuda de um novo amigo Calvin,que ao longa da jornada, mostrará um companheiro leal. Juntos embarcam em uma aventura entre as dimensões celestiais.
O universo de Uma Dobra no Tempo é encantador, a história que traz ao mesmo tempo algo inocente, mostra uma grande lição de amor, perseverança e sabedoria. Durante a trajetória o amor entre os irmãos, a determinação deles de encontrar o pai, de enfrenta seus medos e dos conselhos dos seres celestiais à eles traz uma mensagem de que nenhuma batalha você consegue sozinho, juntos e com o amor de uns pelos outros, pode vencer qualquer força do mal, basta não desistir e sim acreditar.
O ritmo da história é deliciosa, além de ser narrado por ilustrações fazendo que com essa fator acrescenta-se muito no fluído de uma leitura mais envolvente e fascinante, o carisma dos personagens é algo que nos conquista logo nas primeiras páginas. Principalmente por ser protagonistas crianças, além disso devo reconhecer o mérito de terem priorizado esse aspecto como o mais importante na obra. Meg é uma garota que contém um gênio forte, mas de um enorme coração e adotada de uma grande inteligência, mesmo não sendo perfeita, seus defeitos se torna suas maiores virtudes. Charles Wallace é outro super inteligente, além de ter uma profunda sensibilidade, ele também é muito carismático.


A Edição

Não tem como não se apaixonar por essa edição e todo o trabalho gráfico trabalhado nela, as combinações de cores e densidade entre azuis, roxo, com traços contornados em preto, nos remete as estrelas, galáxias e ao mesmo tempo, nos transmite à noites estreladas que também é um dos principais cenários da história.

Uma Dobra no Tempo, é um graphic novel encantador não somente pela produção dessa edição, como a narrativa também, nos fazendo arrancar deliciosos risos com personagens que te envolve de início ao fim, numa leve e prazerosa história, além da adaptação incrível da Hope Larson.   
Nota:

    (Excelente)
Título original:A Wrinkle in Time: The Graphic Novel | Editora:DarkSide Books | Autor(a): Madeleine L’Engle e Hope Larson | Ano: 2012 | Páginas: 392 | Comprar: Amazon

[Esse livro foi entregue pela Disney em parceria com Darkside Books] 

Tags
Mostrar mais

Karina Lima

Formada em Design Gráfico, viciada em filmes e séries, ama perdidamente a Marvel e eternamente Harry Potter. Mas também não vive sem livros e música. Ama chá, Londres e fã do Tom Holland e Robert Downey Jr. Não consegue viver sem a Arte no seu cotidiano, essa é ela.

Deixem seus comentários!

Fechar