Review | Perdidos no Espaço entrega thriller espacial com a família em foco

A Netflix vêm apostando ao longo dos anos em apresentar conteúdos nostálgicos, modernizando séries já conhecidas no passado e, com isso, conquistando uma nova geração de fãs. Seguindo essa linha, chega aos streaming a nova série de ficção científica, Perdidos no Espaço. Confira nossa review da primeira temporada:
Compartilhe:

A Netflix vêm apostando ao longo dos anos em apresentar conteúdos nostálgicos, modernizando séries já conhecidas no passado e, com isso, conquistando uma nova geração de fãs. Seguindo essa linha, chega aos streaming a nova série de ficção científica, Perdidos no Espaço. Confira nossa review da primeira temporada:

SEM SPOILERS


Perdidos No Espaço (Lost In Space) é um remake da série homônima de 1965, onde acompanhamos a família Robinson em uma missão espacial para encontrar um novo planeta para colonização. Na nova versão da série feita pela Netflix, também seguimos os passos dos Robinsons que saem em missão para fundar a primeira base espacial humana num planeta de outro sistema solar, na constelação da estrela Alpha Centauri. A missão sofre um revés inesperado e eles se vêem perdidos em um planeta novo e desconhecido.


O ponto forte da série é a trama dos Robinsons, que partem em busca de um novo lar na esperança de esconder e esquecer os problemas que os cercam. Nesse aspecto, a série acerta em cheio quando apresenta diversas nuances de cada membro da família e seus dramas, como: o casal fragilizado pela distância, a convivência dos irmãos, a luta por manter a família unida e a crença que cada um deposita no outro. Eles não são a família perfeita, como nenhuma é, com isso, a série ganha a empatia simultânea do público que consegue se identificar de imediato.




O jovem ator Maxwell Jenkins, que dá vida ao Will Robinson é um dos grandes destaques desta temporada, alternando entre a inocência de uma criança e a necessidade de amadurecimento acelerado, ele entrega um jovem tendo que lidar com diversas situações complicadas até mesmo para um adulto, mantendo a crença na família inabalada e descobrindo em um mundo novo o valor da amizade com um robô. Além de Maxwell, a atriz Parker Posey, que vive a Dra. Smith merece o devido reconhecimento, ela é a antagonista da série e apresenta uma vilã complexa que não mede esforços para sobreviver mesmo que tenha que passar por cima de qualquer um.


Perdidos no Espaço é o grande acerto da Netflix e tem fôlego para mais algumas temporadas. A série apresenta um enredo bem amarrado, personagens carismáticos e um futuro assustador para a humanidade, mostrando que mesmo em um planeta diferente humanos continuam sendo humanos e nunca estamos à salvos do PERIGO.

Nota:
(Bom)


Compartilhe:

ficçaocientifica

juliana

lostinspace

netflix

perdidosnoespaço

review

season1

serie

thriller

thrillerespacial

Comente!

0 comments: