cinemacríticafilmemovieparisfilmes

Crítica | O Que Te Faz Mais Forte mostra o drama real de um sobrevivente


Uma história sobre amor e superação que vai mostrar o lado real de uma tragédia pública.

O Que Te Faz Mais Forte (Stronger) conta a história de Jeff Bauman (Jake Gyllenhaal), um cara absolutamente normal, que luta para reconquistar sua ex-namorada Erin (Tatiana Maslany) – jovem caridosa, que quer que o ex-namorado seja mais presente – quando a garota vai participar da Maratona de Boston, Jeff para realizar o desejo da amada, decide ir torcer por ela próximo a linha de chegada. É a partir desse ponto que tudo se desenrola.
A conhecida Maratona de Boston, de 2013, onde ocorre um atentado terrorista, é onde a vida de Jeff é totalmente transformada. Muito próximo de uma das bombas que explodiu, ele acaba perdendo suas pernas na tragédia. Em meio ao caos que se instaura, ao acordar no hospital, Jeff tem um papel importante a desempenhar, a identificação de um dos terroristas. Sendo considerado um herói por todos, Jeff tem que lidar com a fase de adaptação e a superexposição que tem sido submetido pela própria família.
Jake Gyllenhaal é o ponto forte do filme, com sua interpretação torna real toda a dor da tragédia, que não foca no atentado em si, mas sim em como um personagem público lida com tudo na sua vida privada, os dramas da adaptação, os momentos que fazem querer desistir de tudo, a luta pelo amor e até mesmo a obrigação de amadurecer abruptamente. 
Tatiana Maslany mostra o contraponto desta história, carregando a culpa de ser o motivo de Jeff estar presente na corrida, acaba se reaproximando dele, e, se torna um elo essencial na jornada de autoconfiança de  Jeff. Outro ponto a se destacar é o trabalho feito por Miranda Richardson como Patty Bauman, a mãe de Jeff. Que não decepciona ao mostrar as fragilidades de uma mãe que busca o que acredita ser melhor para seu filho, mesmo que não de fato o seja.

Por fim, a história trata de forma tocante de um drama real sobre as vidas que são afetadas depois de uma tragédia e como é possível encontrar um motivo para se tornar mais forte.

Nota:

Tags
Mostrar mais

Juliana Macedo

Futura engenheira, nerd assumida, apaixonada por filmes, séries, livros e um bom café de companhia. Criadora do Insta @pensoufilmes, sonhadora, não tem medo de novos desafios e sonha em deixar sua marca ao mundo.

Deixem seus comentários!

Fechar