hboreviewserieseries

Review | Big Little Lies, uma série sobre mulheres e seu dia-a-dia

Tensa e emocional, a nova série da HBO que ganhou o público e a crítica nos últimos tempos vêm para despertar a curiosidade de quem a assiste.

A premissa da série é bem simples e o primeiro episódio captura a atenção daquele que o assiste de forma magistral, entre flashes, vemos que uma investigação está em curso, somos bombardeados com depoimentos das testemunhas e só sabemos que em determinada festa alguém morreu. Quem?
Essa pergunta que mantém todo o climáx da série que tem como trama principal a vida de três mulheres da pequena cidade de Monterrey, na Califórnia. Vemos seus dramas familiares, seja para criação e educação dos filhos, a luta para manter a harmonia no casamento ou até mesmo como lidam com as fofocas da cidade.

Madeline (Reese Witherspoon) é o ponto de ligação das outras, a vida inteira lutou para dar a melhor criação para as filhas, luta pelo que acredita, precisa lidar com os dramas da filha mais velha e o ódio que sente da nova mulher de seu ex-marido que é aparentemente “perfeita”. Em meio aos próprios dramas, Madeline é a primeira a acolher Jane (Shailene Woodley), mãe solteira e nova na cidade, veio com seu filho Ziggy para tentar dar um novo rumo em sua vida, carrega um dos fardos mais pesados de todos os personagens da série.



Entre as duas há Celeste (Nicole Kidman), que completa o trio de amigas. Ela leva uma vida aparentemente perfeita, mas precisa lidar com os abusos domésticos do marido Perry (Alexander Skarsgard) – que dá vida ao personagem com tamanha intensidade que apesar de poucas falas se impõe de forma assustadora em cena –  e faz de tudo para que nada afete os filhos.

Ao longo dos episódios a série vai mostrando os dramas que muitas pessoas enfrentam, a questão da criação dos filhos, a superproteção, a submissão, o fardo que muitas vezes a vida se torna. A violência doméstica é o mais forte de todos, em nenhum momento a série idealiza nenhum assunto abordado.

A fotografia e ambientação da série é um ponto forte também, ela consegue passar o contraste perfeito entre paisagens paradisíacas, enquanto cada um vive seu próprio caos interno.

Por fim a série nos mostra que as pequenas grandes mentiras que contamos pra nós mesmos são capazes de nos assombrar pelo resto da vida e afetam tudo que está ao nosso redor.

Nota:

Tags
Mostrar mais

Juliana Macedo

Futura engenheira, nerd assumida, apaixonada por filmes, séries, livros e um bom café de companhia. Criadora do Insta @pensoufilmes, sonhadora, não tem medo de novos desafios e sonha em deixar sua marca ao mundo.

Deixem seus comentários!

Fechar