News

Crítica | La La Land: Cantando Estações


Ontem assisti ao filme que com certeza já está fazendo história no cinema - La la Land: Cantando Estações, o grande vencedor de Globo de Ouro e está sendo indicado a 14 categorias no Oscar. E realmente o filme vale todo esses prêmios, não é palela e nem puxão de saco, mas a trama é realmente ótima, e olha que não curto tanto musical, sorry. Mas este particularmente amei. Então vamos a crítica!

A Trama


O filme inicia com uma cena musical no meio de trânsito, onde as pessoas começam a dançar em cima de seus carros, e após a canção e a situação voltando ao normal, Sebastian (Ryan Gosling) e Mia (Emma Stone) se vem pela primeira vez, com apenas uma troca de ofensa no trânsito rsrs. Sebastian é um pianista, que ama Jazz e que quer fazer de tudo para o ritmo não morrer no mundo musical . Mia é uma atriz e trabalha numa cafeteria, mas queria apenas muito de uma colocação em um roteiro importante para a sua carreira.

Até certo dia, Mia ao entrar  por acaso no restaurante que Sebastian está tocando, ela fica completamente encantada por ele. Mas no momento que os dois se vêem Sebastian acaba de passar por um momento difícil - foi demitido. Mia tenta logo em seguida uma aproximação (que poderia mudar suas vidas), mas ele a ignora.  


E pela terceira vez (o destino não desisti), Mia e Sebastian se reencontra novamente, mas agora Mia faz questão de chamar a atenção dele, provocando ironicamente Sebastian. Uma das cenas mais engraçadas de Emma Stone rsrs. Enfim ele se rendem  e os dois se aproximam.


Produção


Além do trama ser muito bem construído misturando o ar retro da história contada originalmente e o mundo atual(como por exemplo: a cena do trânsito do começo do filme), o ritmo do filme é algo cativante, que te envolve ao logo dos minutos fugindo de um filme musical/ romântico chato.


A sintonia dos atores, a troca de olhares tudo é muito simples e profundo. Pode ser que pelo fato de não ser a primeira vez que os dois atores se contracenem juntos, isso deve ter ajudado. Mas o filme era algo novo para o estilo que os dois seguiam anteriormente, e se saíram muito, muito bem, superou expectativas.


Referências sobre outros clássicos do gênero foram situados no filme, como Dançando na Chuva, entre outros que tiverem presentes em uma belíssima colocação no roteiro. Os movimentos, as danças tanto em casal, como com todo o elenco participante do filme, foi desenvolvido em uma perfeita harmonia e coreografia.




E não poderia deixar de citar de forma nenhuma a fotografia, a filmagem do filme que é espetacular, a combinação das cores dos figurinos dos atores com as cenas dos ambientes é perfeita. Além dos ângulos tanto os que registravam a cena por inteira, como a junção de uma cena para outra se transferindo num leveza e perfeita ligação.



Efeitos especiais como a cena do casal dançando no céu estrelado; o momento que a gravidade do planetário onde os dois estão fazem eles voarem, é lindo, algo realmente sonhador . A história nos mostra duas versões: a realista e dura - do relacionamento e vida dos dois diante da carreira, e as dos sonhos - particularmente de Mia, onde ela sonha uma forma mais romântica e feliz do encontro dos dois.


Curiosidades:


O diretor do filme Damien Chazelle mesmo pela pouca idade dele (32 anos), ele arrasa em suas produções. Damien também dirigiu o filme Whiplash - Em Busca da Perfeição, que venceu também dois principais prêmios do Festival Sundance de 2014: Melhor Filme de acordo com o público e Melhor Diretor.

E olha que coincidências! Emma Watson foi cogitada para o papel de Mia, mas teve que abandonar a proposta por causa das produções de A Bela e a Fera (2017).Ryan Gosling recusou o papel da Fera para fazer La La Land. Tá bem que teve essa troca de papeis, porque só acho que não iria dar muito certo rs.

Para acabar o kit completo sobre o filme, vou deixar o playlist disponível no Spotify com as músicas do filme, inclusive a música com a participação suuper especial do cantor John Legend que interpretou o antigo amigo de colégio de Sebastian, Keith.





O filme é lindo, engraçado, emocionante e também avassalador, mas vale muito a pena assistir, não por ser apenas um do  filme atual mais citado no cinema e nas premiações, mas porque realmente é ótimo.


Nota:


Espero que tenham gostado, comentem o que acharam do filme, se vocês choraram... rsrsrs, Comentem tudo, que quero saber! 😊

Muito Obrigado pelo carinho e pela visita!

Abraço e Até mais!  




2 comentários:

  1. Eu amei demais esse filme. Achei muito inspirado em Dançando na Chuva tbm hahah
    Adorei tudo!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também achei hahaha, mas mesmo assim amei, um dos filmes mais lindos que já assisti. Mudei minha visão sobre musical.

      Obrigada Milca 😊💗
      Beijo 😚

      Excluir